sexta-feira, fevereiro 14, 2014

O que você costumava fazer que não faz mais


Durante 23 anos eu dancei ballet. Por 23 anos eu dediquei dois dias da minha semana ao ballet. Um dia, durante um exercício, uma voz surgiu na minha cabeça: com roupa pra lavar e provas pra corrigir, por que tu tá aqui até às 22h? Ali eu percebi que meu amor pela dança mudou de foco. Eu não amava mais a dança, mas sim tudo o que ela havia me oferecido. Amo fazer pequenas participações engraçadas. Amo quando um amigo me chama de bailarina... Mas amo mais ainda não usar pontas, não ter ensaio no sábado e não ter que fazer suplès.