sexta-feira, novembro 09, 2012

Na janela


Esse quadro do Picasso sempre me trouxe uma mistura de ternura e tristeza. Fico imaginando como seria o rosto dela. O que ela estava fazendo antes de parar na janela? O que ela estava olhando? O que foi fazer depois?

Essa semana toda me senti essa menina. Uma semana que me cansou profundamente, mas mesmo assim me mostrou muita coisa linda. Essa semana toda olhei pra mesma paisagem. Algumas vezes ela ficou meio entediante por ser sempre a mesma e por eu já conhece-la de cor. Outras vezes, o simples fato de ser a mesma paisagem abriu meus olhos e meu coração e eu vi coisas lindas como se fosse pela primeira vez.

Na minha janela, a mesma paisagem é sempre querida. Às vezes eu fico mais mal-humorada e teimo em reclamar, mas no fundo eu sei que a simplicidade é que traz beleza. Sei que o bom da vida é ver algo novo em algo já conhecido.