sexta-feira, fevereiro 16, 2007

À procura da felicidade


Alguém já viu esse filme? Eu vi, chorei e achei lindo. Não deixem de ver, realmente vale a pena.

Pra quem acha que o Will Smith é apenas um comediante, pode acreditar, ele é muito mais do que isso. Fez um trabalho maravilhoso, acompanhado por menininho talentosíssimo.

O enredo é uma história real, que conta como um cara que tava na merda conseguiu vencer na vida. Abandonado pela mulher, um filho para criar, despejado, fazendo um estágio não remunerado, dormindo no banheiro da estação de trem, atropelado, preocupado que na creche do filho eles escrevem “happyness”. E, apesar de tudo isso, ele conseguiu um emprego disputadíssimo e deu a volta por cima.

O melhor do filme é que o cara não é retratado como um super-herói. Tudo o que acontece com ele é perfeitamente possível. E é aí que a gente começa a pensar na nossa busca.

Aposto que nem eu nem quem está lendo esse texto vai passar por tantas dificuldades como o cara do filme. E aí? Por que será que a gente reclama tanto? Talvez a nossa felicidade nem precise ser procurada, mas sim percebida.

Percebam a felicidade que existe na vida de vocês e dêem valor a ela. Não sofram muito, não dramatizem muito, não se preocupem muito, não desistam nunca... Nem se vocês forem atropelados: o cara levantou do chão e correu pra não se atrasar pro trabalho.

1 coisas de vocês:

Anônimo disse...

"Não sofram muito, não dramatizem muito, não se preocupem muito, não desistam nunca... "

(...) muito, (...) muito, (...) muito, (...) nunca.

bom teste pra aplicar nos teus aluninhos. "Complete os parênteses".

qual seria tua resposta agora??? manda iuguito@hotmail.com