segunda-feira, janeiro 08, 2007

"Pra saber tem que viver"


Em março de 2004 comecei a namorar. Logo depois, meu namorado começou a fazer o curso dele aqui em POA e corria o risco de, depois de formado, ser mandado pra qualquer lugar do país. Acho que a pessoa que melhor sabe como me senti nessa época foi minha superamiga Nega. Ela que ouviu todos os meus choros e lamentações de sofrimento por antecedência.

Pra piorar minha situação, o Jota Quest lançou uma música na mesma época e eu achava que era “a música da minha vida”. Cada vez que eu ouvia, despencava a chorar. Não importava onde eu estava, a música começava e eu abria o berreiro.

Nem meu namorado tinha idéia de como eu ficava imaginando como seria se ele fosse pra longe. Era uma coisa que surgia na minha cabeça no meio do dia, não importava o que eu tava fazendo, e ali ficava até eu ir dormir. E como aqueles pensamentos doíam.

E eram apenas hipóteses! Imaginem se fosse uma certeza. Talvez muitos pensem que se fosse uma certeza nem valeria a pena ter algum envolvimento. Mas isso é uma grande bobagem! Não importa se tem prazo, se tem distância, se tem dificuldade, o que importa é a vontade de ficar junto e aproveitar o tempo que tem pra se divertir um na companhia do outro.

De repente, a dor antecipada, a música e o choro poderiam ser apenas um drama exagerado pra quem via de fora. Mas é só quem passa por isso que sabe que dói bastante.


Mais uma vez

Te tenho com a certeza
De que você pode ir
Te amo com a certeza
De que irá voltar
Pra gente ser feliz
Você surgiu e juntos
Conseguimos ir mais longe
Você dividiu comigo a sua história
E me ajudou a construir a minha
Hoje mais do que nunca somos dois
A nossa liberdade é o que nos prende
Viva todo o seu mundo
Sinta toda liberdade
E quando a hora chegar, volta...
Que o nosso amor está acima das coisas...deste mundo
Vai dizer que o tempo
Não parou naquele momento
Eu espero, por você
O tempo que for
Pra ficarmos juntos
Mais uma vez

5 coisas de vocês:

aninha disse...

muito bom ler teu blog de novo carol :) te desejo uma óóóótima viagem, e brigada por me ouvir hoje e me botar mais pra cima.. beijão e acho q até o ballet né :*

Mônica disse...

È isso aí carol. optar pelo amor sempre vale a pena. bj

Rodrigo... disse...

graaande Carol Sá... fácil, fácil perceber pq uma festa aí vai seguir a tua agenda... simpaticona tu...

esse post caiu como uma luva... só gostaria q as coisas fosse um pouco mais simples pra mim... ou q a minha história um pouco diferente... ou q eu fosse um pouco menos neurótico... ou... ou...

bjos...

Priscila disse...

ai, ai (suspiro)...

Priscila disse...

foi pra ti, tá, rodrigo!?!?